#Resenha: Entre Vidas vol.1 – Kiara

#Resenha: Entre Vidas vol.1 – Kiara

1 de junho de 2017 11 Por Greyce Kelly

Kiara passou toda sua adolescência em Ávalon, estudando para se tornar uma sacerdotisa da grande Deusa. Porém, diante do assassinato de seus pais, ela se vê com uma imensa responsabilidade em seus ombros: ajudar seu irmão mais novo, Edímion, a governar Atlântida. Há mais de três mil anos a cidade era a joia do Mediterrâneo. Rica e próspera até despertar a cobiça dos atenienses. Quando a ilha é atacada novamente, Kiara se vê obrigada a buscar aliados, fazendo uma jornada das areias do Egito à Atenas e enfrentar personalidades poderosas. Com a ajuda de Leran, um encantador druida e de Dárien, um misterioso arqueiro.
Entre Vidas I nos levará em uma aventura magnífica entre mitologias e lendas perdidas. Uma história onde uma princesa terá que virar uma guerreira para salvar sua família, seu povo e o grande amor de sua existência.

Haha hoje é dia de… De…
Resenha, uhu – Levante as mãos que vai começar o rebolation – Essa música não, pera aí… deixa sintonizar a faixa… Vamos tentar de novo – sintonizando a rádio…
Agora sim, eu me sinto à vontade em escrever com essa música.
Bem, antes de falar do livro de hoje, quero dizer que é outro livro bem especial. Nha, Greyce! Todos os livros para você são especiais – senta e chora, não é que é mesmo, rapaz?! – Deixando os dramas da vida de fora, hoje eu trago outra escritora nacional – #leiaumnacional.
O livro da vez é o volume 01 da Saga Entre Vidas – Kiara, da autora Juliana Leite.
Oh meu Deus! – grito histérico.
Antes de falar da história, eu vou fazer uma análise sobre o livro, claro que é a minha opinião, então bora lá.

O QUE ACHEI DE ENTRE VIDAS – KIARA?

A escrita da Juliana é suave e eu gostei disso, as coisas fluem facilmente, convenhamos que ler um livro que você não entende não rola, né?

Uma coisa que eu reparei que o livro não tem é que ela deveria fazer um pouco mais de descrições sobre pessoas e lugares. Os personagens foram bem construídos e eles são lindos and maravilhosos. Ao descrever como é boca, olhos, cabelos pinta no rosto, defeitos – sim, defeitos, ninguém é perfeito. – você dá uma cara ao seu personagem fazendo seu leitor imaginá-lo, embora algumas pessoas não precisem disso, mas outros sim.
Sobre o tema Avalon, Atlântica, Egito – adoro Egito e seus faraós, aquele povo tem um mistério que me fascina… voltando a resenha. Uma das coisas que me chamou atenção foi na sinopse que me fez comprar o livro:

“Uma história onde uma princesa terá que virar uma guerreira para salvar sua família.” 



Sempre temos aqueles trechos que nos fazem pensar, que nos conquista e por mais simples que seja a frase, ela me conquistou. Mas eu duvido que não compraria porque eu gosto desse tipo de leitura.

Uma coisa que eu gostei muito mesmo, e que teve alguns momentos durante batalhas, foram os momentos intensos de revelações que a Juliana conseguiu usar para me transportar para dentro do livro e, bem, eu só acho que um livro é bom quando isso acontece e também quando me apaixono pelos personagens. Sabe, quando você sente aquele friozinho na barriga e torce para o casal principal se beijar, você fica: beija, beija, beija e quando eles se beijam você dá pulos de felicidade?
Juliana conseguiu criar um livro que é pura magia. Uma das coisas que detesto nas mocinhas é que elas são sempre bobas, cheias de mimimi e Kiara não é assim.  Gostei disso e pela primeira vez em muito tempo eu vou com a cara da mocinha no começo do livro rsrs.

SOBRE O QUE É A HISTÓRIA?


A história conta sobre como Kiara teve que deixar Avalon, onde ela estudava para se tornar uma sacerdotisa, e correr para Atlântica onde ocorreu um ataque misterioso no qual seus pais, Rei e Rainha, foram mortos. Desesperada e com medo por seu irmão Edimion, ela larga sua vida em Avalon e faz uma viagem cheia de perigos para sua terra natal. Quando ela chega lá, ela logo é confundida com uma ladra e o Oficial manda prendê-la – ora, que coisa mais injusta. 
Eles logo começam a brigar feito cão e gato assim que é solta, não suporta o tal de Darien. Kiara tem uma força tremenda para ajudar seu irmão e Atlântica, uma coragem infinita e é capaz de tudo por aqueles que ela ama.
Eu me apaixonei pelo Dárien da primeira vez que ele aparece no livro até o final, achei ele um pouco babaca no começo, mas um babaca completamente apaixonável. – rsrs.
Kiara realmente não é uma princesa, mas sim uma guerreira. Eu poderia contar um pouco mais sobre sua história – maravilhosa –, mas eu aprendi que o segredo de uma boa resenha é sempre, sempre deixar o leitor curioso e ir procurar o livro, então maníacos, eu só tenho mais uma coisa para dizer sobre o livro…

CONSIDERAÇÕES

Para você que gosta de ação, aventura e romance, você irá adorar a Saga Entre Vidas, garanto que ele têm doses certas de aventura, drama e romance.

A autora Juliana Leite lançou Kiara inicialmente pela a Editora Lotus, mas atualmente está relançando pela Editora Sekhmet.

Para adquirir seu exemplar, acesse aqui.
Para curtir a autora nas Redes Sociais, basta escolher:
Até a próxima…